Saúde da gestante e do bebê: como se proteger dos mosquitos

Saúde da gestante e do bebê: como se proteger dos mosquitos

Em tempos de zika vírus, muitas gestantes estão com receio de serem picadas e contaminadas pelos mosquitos. Para completar a inquietação, há estudos científicos que sugerem que os mosquitos têm preferência justamente pelas grávidas e por esse motivo é preciso redobrar os cuidados, criando barreiras para evitar contaminações.



Segundo os pesquisadores, pode haver dois motivos para essa atração que as grávidas exercem em relação aos mosquitos. O primeiro deles diz respeito ao metabolismo acelerado em virtude da gravidez: as grávidas exalam cerca de 21% a mais de gás carbônico do que as outras pessoas e isso costuma atrair os insetos.
Outra possibilidade é que durante a gravidez as mulheres ficam com a temperatura do corpo mais elevada, principalmente no abdômen (cerca de 0,7º C). Com esse aumento da temperatura, a pele da grávida exala muito mais substâncias que são facilmente detectadas pelos mosquitos.



Confira a seguir dicas simples para ajudar a manter os mosquitos longe de você e do seu bebê:
● Antes de utilizar qualquer produto que combata os mosquitos, certifique-se com seu médico se são seguros tanto pra gestante quanto para o bebê.
● Jamais deixe água parada, pois é nela que os mosquitos se reproduzem. Então troque com frequência vasos de plantas e potes de água dos seus animais de estimação.
● Evite o acúmulo de água em calhas, canos, pneus e lembre-se que é preciso escoar a água da chuva, pois pode virar criadouros de mosquitos. Em caso de armazenamento de água da chuva, mantenha o recipiente sempre bem fechado e utilize em até uma semana, não mais que isso.
●Vista as roupas certas. Opte por cores mais claras e que cubram a maior parte do corpo (calças e mangas longas). Evite roupas apertadas, porque muitas vezes os mosquitos conseguem picar por cima da roupa.
● No verão escolha peças leves e de tecidos naturais, como o algodão. Os especialistas orientam borrifar repelente em Spray na roupa também, para criar mais uma barreira para os mosquitos.
●Utilize fragrâncias de perfume suaves, pois os aromas adocicados e florais tendem atrair os mosquitos. Antes de comprar sabonetes, hidratantes e outros cosméticos, abra e sinta o cheiro. Se você gosta bastante de se perfumar, mas precisa se proteger, aconselhamos utilizar capim-limão, lavanda, cravo e citronela.
● Além dos repelentes em creme ou spray, gestantes podem utilizar também repelentes caseiros a base de álcool e cravo da índia ou até mesmo inseticidas elétricos. Uma receita bem interessante é mergulhar os cravos da índia em álcool por quatro dias e depois misturar com um óleo suave, como olho indicado para bebês.
● Óleos essenciais de eucalipto, citronela e cravo é um bom recurso para afastar os mosquitos da sua casa.
● Se possível, ponha telas em na portas e janelas de acesso.
● Os mosquiteiros são uma excelente proteção contra os mosquitos e vale a pena usá-los se você não ficar abrindo e fechando a todo o momento.
● Procure usar repelentes apropriados para as grávidas, já que a picada de mosquitos pode desencadear doenças sérias. Os repelentes para crianças e bebês são bastante seguros para as gestantes.  Não se esqueça de reaplicá-lo a cada seis horas!
 
Proteja-se, pois assim estará também protegendo seu bebê!
 
 

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário

Preencha o campo abaixo com seu e-mail para receber uma nova senha
Enviar
Para alterar seu e-mail, preencha corretamente os campos abaixo e clique em enviar
Enviar
X
Agradecemos a sua compra: