Gravidez mês a mês - Nono mês

Gravidez mês a mês - Nono mês

O nono mês de gravidez é o último, mas pelo calendário lunar, compreende a 33ª semana até a 36ª semana de gestação. Então pelo calendário lunar, a mamãe ficará grávida por 10 meses, que corresponde a 37ª semana até a 40ª semana.

Vamos explicar um pouquinho o que seria o mês lunar. O número de dias entre fases consecutivas da Lua é de 7 a 8 dias em média, com um total de 28 dias, ou seja, 4 semanas. Então se a gravidez dura 40 semanas, há 10 meses lunares de gestação. Mas os médicos na verdade não contam por meses e sim por semanas, então não pense que sua gestação durará 10 meses, conforme o calendário.
 

DESENVOLVIMENTO DO BEBÊ


Até o fim do nono mês de acordo com o nosso calendário e não com o lunar, o feto terá o tamanho semelhante a uma abóbora, com cerca de 50cm no total, do topo da cabeça até o calcanhar e pesando algo em torno de 3kg.



 
O bebê ainda não tem os ossos da cabeça totalmente unidos, por isso muitas vezes, na hora do parto, o bebê pode ficar com a cabeça em formato cônico, mas isso é temporário e logo terá o formato normal.
Agora o pulmão do bebê já está formado e pronto para respirar fora do útero da mamãe. Durante esse último mês, o bebê crescerá em torno de 250g por semana.



 
Já não há mais espaço na barriga para o bebê, mas ele continua a se mexer e já deverá estar encaixado na posição correta para o parto, com a cabeça para baixo.
Os pequenos pelos e gordura da pele começam a sair, pois a gordura debaixo de sua pele já está preparada para o tempo em que ficará sem comer fora da barriga da mamãe.
 

COMO ESTÁ O CORPO DA MAMÃE


Sua barriga estará enorme e o bebê continua a se mexer. É possível ver o formato dos pés e das mãos pela pele da sua barriga.


 
Seu umbigo poderá formar uma pequena protuberância nesse período. O colostro, primeiro leite do bebê com muitos nutrientes, vai começar a ser formado e os seios ficarão mais inchados nessa reta final.

Você conseguirá respirar mais tranquilamente, pois o bebê está posicionado mais para baixo agora, mas em compensação, como ele está apoiado na sua bexiga, as chances de ir mais vezes ao banheiro será grande.

As dores e inchaços poderão ser maiores agora nessa fase da gravidez e a mamãe sentirá um incômodo maior na barriga, por conta da pressão e o peso do feto. Aguente mais um pouco porque seu bebê logo, logo estará em suas mãos.
Durante o terceiro trimestre, a mamãe engordará em torno de 1 kg por mês, mas se ver que está passando disso, converse com seu médico, pois poderá estar relacionado a um problema de pressão arterial.

Verifique o tempo de suas contrações. Você estará em trabalho de parte se suas contrações acontecem em intervalos regulares, em torno de 10 minutos, acontece mais de 5 vezes em um hora, duram de 30 a 70 segundos e pioram quando você se movimenta de um lado para o outro. Converse com seu médico urgente.
 

EXAMES ESPECÍFICOS


Entre a 34ª e a 37ª semana será necessário fazer o último ultrassom, o de terceiro trimestre e a triagem de estreptococo beta-hemolítico, que detecta a bactéria estreptococo do grupo B, que pode ser passado para o bebê e causar sua morte. Se o resultado for positivo, será necessário o uso de antibiótico para a gestante no dia do parto.



 


CUIDADOS ESPECÍFICOS


Continue colocando seus pés e pernas para o alto, quando sentir que estão inchados. Use e abuse do creme hidratante para não ter estrias, porque nessa reta final, a barriga tende a crescer bastante.
Desde a 36ª semana, seu médico poderá pedir que faça o pré-natal toda semana, para acompanhar mais de perto essa fase final.


 
Deixe a bolsa maternidade e tudo o que for levar para o hospital, prontos, porque a data prevista para seu bebê nascer, se for de parto normal, poderá ser de duas semanas antes a duas semanas depois. Fiquem preparados, pois pode acontecer a qualquer momento!
 

DICAS DE ALIMENTAÇÃO


Agora que a mamãe está cada vez mais ansiosa e estressada por conta do parto que está a caminho, consuma alimentos para ajudar nessa fase. 


 
Ingira magnésio, para um bom funcionamento dos músculos e manutenção de ossos e dentes, presente em frutos secos e chocolate meio amargo; vitamina B6, para o bom funcionamento do sistema nervoso, presente em cereais integrais, leveduras de cerveja, nozes e banana; e o ômega 3, presente em óleo e semente de linhaça e em peixes gordos como atum e salmão.

Mas antes de tudo, coma o que gosta, com moderação, pois o prazer de comer libera endorfina, o hormônio que traz bem-estar.

Chegou a hora de a mamãe e o papai poderem ter seu bebê nos braços. Aproveite essa nova fase na vida de vocês e esperamos que nossas dicas tenham ajudado os futuros papais nesse momento tão inseguro. Parabéns!

 

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário

Preencha o campo abaixo com seu e-mail para receber uma nova senha
Enviar
Para alterar seu e-mail, preencha corretamente os campos abaixo e clique em enviar
Enviar
X
Agradecemos a sua compra: